Uma websérie sobre o universo de atração, desejo, mágoa e vingança de duas mulheres conectadas por um carma que precisará de mais de uma vida para ser resolvido

E no início…

Primeiros passos para nós atrás da idéia linda delas. Entrei neste barco para ser bucaneiro, lavar convés, içar a vela, subir a ancora e o que for preciso. Barco no mar capitão.
Oh captain my captain! (Whitman)
A alusão aqui à frase do filme Sociedades dos poetas mortos não é mera coincidência ou brincadeira. É uma referência porque assim como este filme, o texto das meninas me chamou por dentro. (é uma alusão a frase no filme, e não ao poema de Whitman)
Entrei por amizade? Também, porque não. Amigos acreditam em amigos. Mas acima de tudo pela idéia. Pelo que me despertou, pela vontade de ver na tela, pela vontade de sentir junto com a história, pela imagem que o texto já me despertou e que me deixou com fome e sede. Para assistir e sentir um pouco da doação em algo que acredito.
Ontem pessoas ao redor da mesa, xícaras de café, chocolate quente, choconhaque, sorrisos, empolgação de coisa tomando forma, novos rostos, gente se conhecendo e reconhecendo. Vontade, vislumbres, ainda que sutis e tênues. Muita coisa para fazer, e muita coisa a descobrir…
E que venha o mar…
Karen S. Corrêa
Anúncios

2 Respostas

  1. Ei nega! É um prazer enorme ter vc conosco! Amor de amiga ajudando a criar, a concretizar. A força, a fidelidade e o fogo do leão vêm à tona. E fazem o barco andar!Amo, sempre!

    17/08/2010 às 10:25

  2. Sou tripulaaaaaaante!=D

    17/08/2010 às 10:55

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s